Fórum PSM


Estás a ver o fórum como visitante o que te dá acesso limitado a ele, ao fazeres o registo na nossa comunidade poderás criar e responder a tópicos de discussão, trocar mensagens privadas, participar em votações, entre muitas outras coisas. O registo é simples e gratuito, por isso junta-te à nossa comunidade!

    Street Fighter IV

    Compartilhe
    avatar
    Good
    Admin
    Admin

    Número de Mensagens : 947
    Idade : 27
    Localização : Lordelo
    Reputação : 0
    Pontos : 91
    Data de inscrição : 24/05/2008

    Informações
    Consola(s): PS3\PS2\PS1
    Télemovel Télemovel: LG KS20

    Street Fighter IV

    Mensagem por Good em Ter Ago 26, 2008 9:21 pm



    Quando o produtor Yoshinori Ono disse que queria que o novo Street Fighter fosse feito a imagem e semelhança de Street Fighter II ele realmente falava sério. Street Fighter IV tem é claro todo o suporte de uma tecnologia muito mais avançada do que aquela disponível quando do lançamento do pioneiro título — caso convenientemente se esqueça que, na realidade, existia sim um Street Fighter “1”.

    Entretanto, não apenas pela presença dos personagens clássicos e seus ataques igualmente clássicos, mas a própria jogabilidade de Street Fighter IV lembra muito o estilo do clássico no qual se baseia, embora agora com excelentes texturas cel-shaded enriquecendo modelos 3D em ambientes 2D (o que configura o sistema conhecido como 2.5D).

    “Sonic Booms” e Hadoukens

    É isso aí, são os mesmo personagens que conhecemos e amamos há tantos anos, com seus golpes clássicos e especiais no melhor estilo Street Fighter Alpha. Basicamente, a impressão que se tem ao acompanhar o andamento de uma luta de Street Fighter IV é: uma versão de Street Fighter II com gráficos modernos, a adição de especiais e alguns elementos de combate que lembram Street Fighter III e Street Fighter EX.

    O bulboso Rufus, um dos novos personagens. E as coisas devem continuar bem na versão a ser lançada para os consoles de mesa. Xbox 360 e PS3 receberão a mesma turba que se encontra hoje nos arcades do Japão, que inclui os veteranos: Ryu, Ken, Chun-Li, Edmund Honda, Blanka, Dhalsim, Zangief, Balrog, Veja, Sagat, Mike Bison e Akuma. Também os novatos: Abel, Crimson, El Fuerte, Rufus e o chefão final Seth — pois é, não será mais M. Bison.

    Especula-se ainda que os consoles devem ganhar como um adicional três presenças ilustres. São elas, Dan, Fei-Long e Cammy.

    O novo-velho sistema de combate

    Entretanto, nem tudo é nostalgia em Street Fighter IV, afinal, trata-se de um novo — e extremamente aguardado — título de uma das mais populares series de luta jamais lançadas. Quem teve algum contato com a versão para arcade do jogo (disponível no Japão desde o dia 18 deste mês de julho), deve ter percebido vários elementos de combate que não tem procedentes na franquia.

    * Os ataques “focus”


    Em primeiro lugar: não, o sistema “parry” de Street Fighter III não estará mais presente. Em seu lugar, entram os ataques “focus” — “saving system” na versão japonesa. Trata-se na realidade de uma espécie de absorção de ataques, que é posteriormente devolvida na forma de uma seqüência de golpes de maior ou menor potência.

    Embora cada personagem execute uma seqüência distinta de golpes, a execução do ataque é feito da mesma forma para todos eles; basta que se pressione o botão de soco médio e os botões de chute. Quanto mais tempo os botões forem segurados, maior e mais devastadora será a seqüência desencadeada.


    Independentemente da intensidade do combo, cada ataque “focus” será composto por duas etapas: na primeira, o personagem assume uma postura distinta para, em seguida, absorver algum ataque inimigo. Isso implicará em uma perda de energia que, entretanto, será recuperada posteriormente. A energia acumulada é então liberada na forma de um ataque que, dependendo da intensidade, sequer poderá ser bloqueado.

    Esses ataques ainda poderão ser interrompidos para, por exemplo, serem ligados a um outro combo ou mesmo um especial.

    * Super Combos e Ultra Combos


    Os devastadores ataques conhecidos como “Super Combos” estarão novamente presentes em Street Fighter IV. O ataque terá ainda o mesmo formato clássico introduzido pela primeira vez em Super Street Fighter II Turbo, sendo que cada personagem terá a sua própria seqüência a ser ativada assim que a barra no rodapé da tela o permitir.

    Adicionalmente, ainda estão inclusos os Ultra Combos, que lembram muito os especiais de Street Fighter EX. Estes também terão uma barra que, diferentemente do que acontece com o Super Combo, será carregada conforme o jogador é atingido. Quando liberado, o Ultra Combo não somente ocasiona uma seqüência longa e criativa de movimentos, como também vem acompanhado de uma animação verdadeiramente cinematográfica, com giros da câmera e efeitos.

    De fato, os momentos em que os Super Combos e os Ultra Combos entram em cena são os únicos em que a câmera do jogo deixa de ser fixa.

    Street Fighter IV nos consoles

    Pelo que foi mostrado até agora, pode-se esperar uma versão igualmente bela nostálgica de Street Fighter IV para os consoles, como os gráficos lembrando desenhos feitos à mão e dúzias de golpes que incendiavam os arcades antes mesmo de parte da atual geração de jogadores nascer.

    Entretanto, os novos/velhos personagens de Super Street Fighter não deverão ser o único diferencial da versão para consoles em relação à dos arcades. Também está prevista a volta das fases bônus que, presumivelmente, devem incluir um carro para se destruir a base da pancada. Parece que as interessantes mesclas de diversão e vandalismo ficaram fora dos arcades por consumirem muito tempo de jogo — fazendo com que o dono da casa perdesse dinheiro.

    Ademais, trata-se do mesmo ritmo de jogo já experimentado e aprovado nos arcades, embora isso tenha sido possível apenas no Japão. Provavelmente um título que agradará a jogadores de vários estilos e idades, já que mistura o que de melhor existia em termos de luta há algum tempo com elementos acrescentados por jogos mais modernos.

    Crimson, a nova mulher fatal de Street Fighter.

    Além disso, assuma-se, existe uma carência inegável de bons títulos de luta para as atuais plataformas. Isso sem falar que será uma ótima oportunidade para se testar o apregoado novo controle que deve ser lançado para o Xbox 360, que deve trazer um direcional digital mais preciso (provavelmente uma mão na roda na hora de liberar as dúzias de “hadoukens e “shorioukens”).

    Enfim, provavelmente foram mesmo poucos que acreditaram durante algum tempo que SF IV não estaria presente nos consoles caseiros atuais. O jogo deverá sim chegar em algum momento do ano que vem, com todas as novidades citadas e, quem sabe?, até mesmo algumas novas. Aguarde novas informações aqui no Fórum Psm.

    Baixaki


    _________________

      Data/hora atual: Ter Set 18, 2018 6:55 pm