Fórum PSM


Estás a ver o fórum como visitante o que te dá acesso limitado a ele, ao fazeres o registo na nossa comunidade poderás criar e responder a tópicos de discussão, trocar mensagens privadas, participar em votações, entre muitas outras coisas. O registo é simples e gratuito, por isso junta-te à nossa comunidade!

    Outro flagelo da Internet - Spam

    Compartilhe
    avatar
    lianinho
    Psm Team
    Psm Team

    Número de Mensagens : 153
    Idade : 31
    Localização : porto
    Reputação : 0
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 10/09/2008

    Informações
    Consola(s): PS3
    Télemovel Télemovel: nokia 3660

    Outro flagelo da Internet - Spam

    Mensagem por lianinho em Sab Set 13, 2008 10:35 pm

    Alejandro G. Rodríguez (alejandro@imatica.org) - Quando recuperamos as nossas mensagens de correio, sempre nos encontramos com as indesejáveis mensagens oferecendonos artigos ou serviços que nunca solicitamos [Spam].

    Sem dúvida, estas mensagens foram, também, mandadas a outros centenares de endereços electrónicos, que foram obtidos, tudo seja dito, por meio do roubo e não pela nossa própria vontade. Se nos perguntamos, como os indivíduos que se dedicam a mandar estes fluxos de correio [Spammers] conseguem o seu objectivo, já que os grandes ISPs normalmente combatem estas modalidades pensando no interesse dos seus clientes; veremos que os mecanismos que o a utilizam, estão se fazendo cada fez mais sofisticados e ilegais.

    Um método utilizado é o de aceder a redes sem fios com erros de segurança, por meio de um computador portátil e uma carta de rede. Para isto efectuam-se recorridos buscando uma rede vulnerável para usar. O mesmo principio que é usado para os Ataques de Negação de Serviços Distribuídos [DDoS], mas neste caso em vez de usar computadores zombies para atacar redes, usa-se a infra-estrutura da rede para enviar correio não desejado.

    Outro método consiste na utilização de uma camioneta especialmente equipada, e prévio pago de uma "comissão" a algum ISP (Internet Service Provider), pequeno ou médio e se procede a conectar e enviar grandes quantidades de correio.

    Outro método semelhante ao anterior, é o pago de pequenas quantidades (sobre uns 20 Dólares estadonidenses) a alunos pelo seu acesso às redes universitárias. Neste caso é usado um programa especial, normalmente descarregado por meio de ftp ou outro médio de partilha de arquivos, que o aluno instala num PC, que realiza as funções de agente de reenvio de correio, aproveitando a largura de banda da rede universitária, como também, para mascarar o verdadeiro endereço fonte do envio malicioso.

    O Spam é um problema de muito difícil solução, um dos seus grandes inconvenientes encontra-se em que muitas vezes ultrapassa as fronteiras dos países, e dadas as legislações tão diferentes e às vezes inexistentes, a persecução e sanção se converte num trabalho dificultoso, se não impossível.

    Como sempre, algumas recomendações para não ser vítimas do correio não desejado são:

    * Não deixar o nosso endereço principal em fóruns públicos ou listas públicas.
    * Não responder ao Spam, já que com isto só se consegue confirmar que o endereço se encontra activo.
    * Usar a função de CCO ou Copia Oculta quando enviamos mails a vários endereços do nosso bloco de endereços.
    * Deixar o nosso endereço de correio só em sítios de confiança ou que saibamos que não a usaram para Spam.
    * Se temos uma actividade de correio intensa, podemos usar alguma conta gratuita com serviço de detecção de Spam (P. Ex.: Yahoo).
    * Não cair na tentação, quando se prometem quantidades de dinheiro pelo fato de reenviar uma mensagem.
    * Não reenviar uma mensagem quando tratem de comovermos com uma historia triste.

    Se já formamos parte das vítimas recorrentes de algum spammer, podemos recorrer à função "regras de mensagens" ou ao "bloqueio de remitente" existente na maioria dos clientes de correio.

    Também podemos usar programas específicos contra o Spam:

    SpammerSlammer (totalmente grátis)
    http://www.spammerslammer.com/
    SpamKiller (versão de avaliação grátis)
    http://www.spamkiller.com/
    Spam Buster (versão shareware grátis)
    http://www.contactplus.com/
    SpamScan97 (versão shareware grátis)
    http://webster-image.com/SpamScan97/index.html

    Está em nós usar o sentido comum e as ferramentas à nossa disposição para evitar a expansão deste fenómeno que tanto nos afecta já seja na perda de tempo para descarregar o correio não desejado como nos custos a isto associados.

      Data/hora atual: Qua Dez 12, 2018 3:19 pm