Fórum PSM


Estás a ver o fórum como visitante o que te dá acesso limitado a ele, ao fazeres o registo na nossa comunidade poderás criar e responder a tópicos de discussão, trocar mensagens privadas, participar em votações, entre muitas outras coisas. O registo é simples e gratuito, por isso junta-te à nossa comunidade!

    Rage

    Compartilhe
    avatar
    Good
    Admin
    Admin

    Número de Mensagens : 947
    Idade : 26
    Localização : Lordelo
    Reputação : 0
    Pontos : 91
    Data de inscrição : 24/05/2008

    Informações
    Consola(s): PS3\PS2\PS1
    Télemovel Télemovel: LG KS20

    Rage

    Mensagem por Good em Qui Ago 14, 2008 4:05 pm


    (Imagem não Oficial)
    Resumidamente, Rage seria algo como uma mistura entre jogo de tiro e corrida ambientada em um universo pós-apocalíptico em que mutantes espreitam por todo o lado. Entretanto, uma descrição assim tão curta poderia desmerecer o novo título da id, que parece trazer tanto ótimos gráficos, uma trama envolvente e uma jogabilidade bem variada.

    Desde o anúncio oficial de Rage feito durante a E3, o que mais tem gerado comentários é sem dúvida a qualidade gráfica do jogo, que é garantida pela nova engine da id, a id Tech 5. Porém, quem esteve presente na última edição da QuakeCon ouviu falar bastante também sobre a realidade alternativa e altamente cinematográfica que deve inspirar os acontecimentos da história.

    Mad Max com mutantes

    É impossível deixar de fazer a comparação. Qualquer um que tenha assistido à trilogia cataclísmica com Mel Gibson deve fazer uma ligação imediata assim que as primeiras imagens do trailer oficial aparecerem. O ambiente, a indumentária, os carros, as armas e até mesmo as caras carrancudas: tudo evoca diretamente o filme.

    O Mad Max dos games. Porém, o que ameaçou seriamente a continuidade da humanidade em Rage foi algo bem diverso. Ao perceberem que um asteróide estava em rota de colisão com a Terra, os principais líderes do mundo resolveram assegurar a continuidade da espécie — além das suas próprias peles, é claro — mediante a construção de um abrigo subterrâneo. Assim, quando a poeira baixasse, as reminiscências da humanidade voltariam à superfície para repovoar o planeta.

    Entretanto, algo parece não ter saído bem de acordo com os planos. A humanidade voltou sim à superfície. Porém, não estava exatamente sozinha. Hordas de mutantes, seres terrivelmente modificados pela explosão espreitavam por todo o planeta determinados a manter o controle das coisas.

    Além disso, facções distintas de seres humanos possuem pontos de vista igualmente distintos sobre como a humanidade deve se reestruturar sobre a face do planeta. Elas construíram várias cidades provisórias na superfície árida — ao melhor estilo Mad Max Além da Cúpula do Trovão — e estão fortemente determinadas a defenderem seus próprios desígnios.

    Em meio a todo esse caos físico e ideológico entra em cena o herói “Ainda-sem-nome” da id, que saiu do abrigo subterrâneo e deve agora encontrar a melhor maneira de sobreviver conforme viaja de cidade em cidade conhecendo um pouco sobre cada facção.

    Ação

    Uma coisa foi deixada bem claro: Rage não traz um universo de jogo aberto estilo GTA IV. A ação toda parece tender mais para acontecimentos cinematográficos e, até certo ponto, predeterminados. Até certo ponto porque, não obstante o andamento um tanto linear, os produtores não afastaram a hipótese de escolhas entre missões e a inclusão de um sistema de conversação — parecido com o de Mass Effect, quem sabe?

    Armas e armas sobre rodas

    Enquanto que uma boa parte de Rage se dará a pé, confrontando todo tipo de abominação com as armas que estiverem a mão, uma outra parte, igualmente grande, deve se passar dentro do cockpit de várias geringonças motorizadas e fortemente armadas — o visual dos carros é sem dúvida uma das coisas que mais lembram Mad Max.

    Veículos totalmente personalizáveis.

    Embora nada muito substancial tenha sido dito sobre as batalhas e/ou corridas sobre rodas, o produtor da id, Tim Willits, garantiu que os veículos serão uma extensão do jogador, sendo, inclusive, totalmente personalizáveis. Também foi mencionado um modo multiplayer cooperativo ainda em fase de desenvolvimento além da possibilidade de se compartilhar veículos com outros jogadores

    Tech 5 e as taxas da Microsoft

    A id Tech 5, anteriormente conhecida como “a engine de Doom 4”, parece mesmo estar fazendo um bom trabalho em Rage. Apesar de terem sido mostradas unicamente CGs até o momento, as texturas são realmente bem convincentes e a movimentação bastante fluida. De fato, Rage parece uma promessa de um belo jogo.

    Bem, infelizmente talvez não tão belo para quem tem um Xbox 360. Segundo o co-fundador da da id Software John Carmack, seriam necessários três discos para que o jogo pudesse ser rodado com a sua qualidade plena. Entretanto, nesse caso, uma taxa considerável deveria ser paga à Microsoft, o que tornaria a versão inviável.

    Assim sendo, a versão para Xbox 360 virá em apenas dois discos, sem contudo perder alguma qualidade gráfica. Melhor para quem tiver um PS3, já que o jogo cabe tranquilamente dentro de um único disco Blu-ray.

    Assim como a maioria dos títulos da id Software, é realmente difícil obter uma data certa para o lançamento de Rage. Aguarde mais novidades aqui no Fórum Psm.

    Baixaki


    _________________

      Data/hora atual: Qua Jun 20, 2018 3:53 pm